sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Presidente Prudente (SP) mobiliza comunidade com mensagens da Cartilha

Mobilizadores do município paulista de Presidente Prudente vêm utilizando mensagens da Cartilha Famílias, acompanhem a vida escolar dos seus filhos para incentivar as famílias a se envolverem no cotidiano escolar dos filhos. A partir do conteúdo da Cartilha, membros do Comitê local elaboraram um folheto, que vem sendo distribuído a gestores escolares, profissionais da educação e pais de alunos em diversas atividades desenvolvidas no município.

Para disseminar a Mobilização Social pela Educação e o material produzido pelo Comitê, os mobilizadores participaram, no dia 12 de outubro, do “Brinca Prudente”, evento em comemoração ao dia das crianças promovido pelo Fundo Social de Solidariedade, com o apoio de secretarias municipais da Prefeitura de Presidente Prudente. Durante a atividade, que reuniu cerca de 20 mil pessoas, os integrantes do Comitê distribuíram folhetos e promoveram discussões sobre como os pais podem participar mais da vida escolar dos filhos e contribuir, desse modo, para a melhoria do aproveitamento do ensino.

Ainda no mês de outubro, no dia 1º, representantes da Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental (Emeif) Vilma Álvarez Gonçalves, localizada no Jardim Paraíso, reuniram 43 profissionais da educação em um debate sobre a Mobilização Social pela Educação. A reunião foi coordenada por membros do Comitê e pelas representantes da Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), a Psicóloga Escolar Diná Soares Rodrigues e a Assistente Social Regina Ferreira Pinhal.

O folheto divulgado pelos mobilizadores nos eventos em Presidente Prudente destaca iniciativas simples, porém fundamentais para que os pais acompanhem efetivamente a vida escolar dos filhos. Acesse aqui o material.

Com informações do Blog do Comitê de Mobilização de Presidente Prudente e da mobilizadora Solange Jesus.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Goiás divulga formação de Comitês de Mobilização

Mobilizadores dos municípios goianos de Carmo do Rio Verde, Ceres, Ipiranga de Goiás, Nova Glória Rialma, Rianápolis, Rubiataba, Santa Izabel, São Patrício e Uruana, localizados na região do Vale do São Patrício, encaminharam à equipe do Ministério da Educação informações sobre a composição dos Comitês de Mobilização Social pela Educação que vêm atuando nessas localidades.

Como resultado do trabalho desenvolvido pela representante do Comitê de Mobilização de Ceres, Fátima José de Oliveira, mais de 100 lideranças sociais locais passaram a integrar as atividades desenvolvidas por esses novos comitês de mobilização.

A mobilizadora conquistou a adesão aos comitês de profissionais das mais diversas áreas, como representantes do Ministério Público, membros de secretarias municipais de Educação, assistentes sociais e professores, além de líderes religiosos e conselheiros tutelares.

Essas lideranças sociais vêm planejando e colocando em prática ações direcionadas às famílias de alunos de escolas públicas da região, no sentido de sensibilizá-las sobre a importância da participação dos pais na vida escolar dos filhos e sobre os reflexos desse comportamento para a melhoria do aproveitamento do ensino.


Veja a seguir a composição dos Comitês de Mobilização Social pela Educação da região do Vale do São Patrício

Comitê de Mobilização Social pela Educação de Ceres
Comitê de Mobilização Social pela Educação de Carmo do Rio Verde
Comitê de Mobilização Social pela Educação deIpiranga de Goiás
Comitê de Mobilização Social pela Educação de Nova Glória
Comitê de Mobilização Social pela Educação de Rialma
Comitê de Mobilização Social pela Educação de Rianápolis
Comitê de Mobilização Social pela Educação de Rubiataba
Comitê de Mobilização Social pela Educação de Santa Izabel
Comitê de Mobilização Social pela Educação de São Patrício
Comitê de Mobilização Social pela Educação de Uruana

Comitê de Mobilização Social pela Educação de Carmo do Rio Verde (GO)


Integrantes:
Luzia Maria Rosa - Conselho Tutelar - bia_luma@hotmail.com
Stella Lorena M. P. Fereira - Conselho Tutelar - stellalorenamp@hotmail.com
Cristiano Martins F. Castro - Agente político   
Euclides Rosa Rodrigues - Agente político - Euclides_Ros@hotmail.com
Luciene Marra da Silva - Secr. M. Educação - lucienemarra@hotmail.com
Maria José de Ol. Leão - Secr. M. Educação - mariajose.leao@hotmail.com
Ligia Coelho Luziano Brito - Igreja Assembléia - ligia.social@hotmail.com
Pr. Marcos  Ribeiro campo - Igreja Batista   
Pe. Wellintgton Pain - Igreja Nossa Senhora do Carmo - wellingtonpain@hotmail.com
Ivanide Oliveira P. Campos - Colégio Estadual Maria Assunção

Comitê de Mobilização Social pela Educação de Ipiranga de Goiás (GO)

Integrantes:
Divino Jose de Souza - Igreja Presbiteriana
Ana Paula de Queiroz - S. Assistencia Social - PETI
Edileuza Neres Rosa - Presidente da Câmara Municipal
Jucicleide Fatima da Silva - Conselho Tutelar - tutelaripg@hotmail.com
Silvelene  Ribeiro Gomes - Conselho Tutelar - tutelaripg@hotmail.com   
Glaryslene G. da Silva Pessoa - Escola Municipal Espaço Saber Integral - glaryslene@hotmail.com
Rosimeire Teixeira Alves - Conselho Tutelar

Comitê de Mobilização Social pela Educação de Nova Glória (GO)


Integrantes:
Neusa Helena Eloi F.Bessa - Secretaria Municipal  Educação - neuzabessa@hotmail.com
Jose Carlos Amorim - Conselho Mul. dos Direitos da  Criança - Adolescente   
Marcos Martins Seabra - Conselho Tutelar - marcos_net@hotmail.com
Roseli Benfica V. Cunha - Pastoral da Criança – Católica - neuzabessa@hotmail.com
Regina C. de Morais e Silva – Escola Municipal Primavera
Meire Nunes - Igreja Assembléia Deus
Maura  A. Cirino Fernandes - Conselho Tutelar - marcos_net@hotmail.com

Comitê de Mobilização Social pela Educação de Rialma (GO)

Integrantes:

Izabel da Silva Nunes - belsilverio1@hotmail.com
Elaine Cristina de Araújo - elaine.ca@hotmail.com
José Carlos M. da Silva – Igreja Quadrangular

Comitê de Mobilização Social pela Educação de Rianápolis (GO)


Integrantes:
Enileuda Rodrigues  Paiva - Secretária Mun.  Educação - enileuda@hotmail.com
Pe. Amarildo Franc Sales - Paróquia São Sebastião - amarildomancha@hotmail.com
Maria T. Guimarães -  Aluna - C. Est. Gricon  Silva - Tetehta10@hotmail.com
Maria Do C. Gomes Branquim - C. E. Gricon E Silva - mdbranquim@uol.com.br
Maria Conceição Da Silva - Esc.Est. Conego J. T.F. Silva - maria_c_pereira@hotmail.com
Lucely Antônio Gomides - Conselho Tutelar - lucelygomides@hotmail.com
Maria A. Da Silva Belizário - Cemei  Vovó Raquel F. Pinto - masbelisario@yahoo.com
Luciana Pereira De Souza - E. M. Rita Mônica Ledo - lucianapereirasouza@hotmail.com
Pr.Vicente José Soares - Igreja Fonte Da Vida - vencedor29sos@gmail.com
Jucelma Das Dores De Jesus - Camara Mul. de Rianápolis - jucelmadores@hotmail.com
Lazaro Levi De Souza - Igreja Assembléia De Deus

Comitê de Mobilização Social pela Educação de Rubiataba (GO)


Integrantes:
Elza Damasceno - Comunidade Católica - srerubiataba@seduc.go.gov.br
Vânia Rosa - Conselho Tutelar - srerubiataba@seduc.go.gov.br
Maria Aparecida Rubino - Subsecretaria Regional Estadual  Educação  - srerubiataba@seduc.go.gov.br
Maria Aparecida Liberal - Secretaria Municipal de Educação - pekinkas@gmail.com
Alda Viviane M. S. Martins - Colégio Facer - diretoria@facer.edu.br
Zita Pires de Andrade - Faculdade – Facer - diretoria@facer.edu.br
Alessandra F. Salgado Novaes - Comunidade Evangélica
Marco Ant. Pereira de Abreu – Facer - diretoria@facer.edu.br
Maria Lúcia Cardoso - Mae - Corretora Rubiácea   
Cecília Maria Trindade - Unopar - EAD Rubiataba   
Teodoro Ribeiro de Araújo - Subsecretaria Regional de Educação   
Maria da Glória – Glorinha - Colégio Estadual Gilvan Sanpaio - pekinkas@gmail.com

Comitê de Mobilização Social pela Educação de Santa Izabel (GO)


Integrantes:
Calita Tatiana Pereira Batista - Conselho Tutelar - catilatatiana@hotmail.com
Eliza Martins Pereira - Conselho Tutelar - catilatatiana@hotmail.com
Pe Luis Carlos - Igreja Católica - catilatatiana@hotmail.com
Lucilene - Assistência Social - catilatatiana@hotmail.com
Jair Sales – Conselho de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. - catilatatiana@hotmail.com   
Eliane Naves Tavares da Silva – Conselheira - catilatatiana@hotmail.com   
Helita Rodrigues Nunes – Conselheira - catilatatiana@hotmail.com
Aparecida Rosa Santana Monteiro – Conselheira - catilatatiana@hotmail.com   
José Dias Rosa - Igreja Evangélica - catilatatiana@hotmail.com

Comitê de Mobilização Social pela Educação de São Patrício (GO)

Integrantes:
Simone Caetano de Melo - Escola Mul. Dom Pedro I - mello.sc@hotmail.com
Ana C. Gomes Marques de Faria - Secretaria de Educação - anacristina.psi@hotmail.com
Paulo Augusto de Faria - C. Comunitário segurança - anacristina.psi@hotmail.com
Maria Madalena Gomes Carneiro - Conselho Tutelar
Irmã Guilhermina Cândida Ferreira - Igreja Católica

Comitê de Mobilização Social pela Educação de Uruana (GO)

Integrantes:
Valdivino José Ferreira - Pastoral da Educação - ferreira.diocese@gmail.com
Pe. Aureliano Marcos Junqueira - Igreja Católica - peaureliano@uol.com.br
Pr. Eduardo Martins Rodrigues - Igreja Brasil para Cristo   
Vanderlúcia Costa Pereira - Conselho Tutelar - vanderluciacostapereira@hotmail.com
Eliene Martins de Andrade Vieira- S. Mul. de Educação/elienedeandrade@gmail.com
Karla Rúbia dos Reis Oliveira - E. E. Diógenes de Castro Ribeiro - karlarubiareis@hotmail.com
Letícia D. Moreno Oliveira - S. Mul. Assistência Social - leticiaphoenix@hotmail.com

Comitê Rio divulga Mobilização às Secretarias Municipais de Educação

Com o intuito de ampliar o número de municípios alcançados pela Mobilização Social pela Educação no estado do Rio de Janeiro, membros do Comitê local vêm promovendo encontros com representantes de Secretarias Municipais de Educação (SEMED) em diversas cidades fluminenses. Em 21 de  outubro, o Plano de Mobilização Social pela Educação (PMSE) foi apresentado à SEMED de Barra do Piraí. Ainda neste mês, no dia 7, o tema foi discutido em  evento realizado em Volta Redonda. No mês de setembro, os mobilizadores estiveram reunidos com representantes da SEMED de Nilópolis, na Baixada Fluminense.

Barra do Piraí


Em Barra do Piraí, os membros da Representação do Ministério da Educação no Rio de Janeiro (REMEC/RJ), David Arcenio e Almir da Silva, divulgaram a mensagem da cartilha Famílias, acompanhem a vida escolar dos seus filhos à equipe de Inspeção Escolar e à secretária municipal de Educação, Anna Maria de Azevedo Silva Rothe, que demonstrou entusiasmo em aplicar as orientações do Plano de Mobilização no município. Os representantes da REMEC/RJ visitaram, ainda, um Centro Integrado Educação Pública (CIEP), onde os profissionais ofereceram espaço para a realização de atividades de conscientização dos profissionais da educação e pais de alunos a respeito da importância da interação família-escola.

Volta Redonda

A cidade de Volta Redonda sediou o Encontro Regional do Plano de Mobilização, com a participação de membros do Comitê Rio, da secretária municipal de Educação de Volta Redonda, Therezinha dos Santos Assunção, da coordenadora da região do Médio Paraíba (RJ), Neureni Alves, além da assessora especial do Ministério da Educação, Linda Goulart. Durante o evento, a assessora conduziu exposição sobre o PMSE e destacou os desafios que os mobilizadores devem enfrentar em busca de melhorias para a qualidade da Educação, ressaltando o papel de indicadores como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) nesse processo.


Estiveram reunidos nesse evento cerca de 300 participantes, representando oito municípios fluminenses – Barra Mansa, Rio Claro, Miguel Pereira, Itatiaia, Pinheiral, Paty do Alferes e Volta Redonda. Ao fim das atividades, os mobilizadores de Volta Redonda deram início à organização do Comitê de Mobilização que atuará no município.



Nilópolis

No dia 15 de setembro, o membro da REMEC/RJ, David Arcenio, e a integrante do Comitê Rio, Aparecida Alves, participaram de reunião sobre Mobilização Social pela Educação com a presença da subsecretária municipal de Educação, de Nilópolis, Miriam Celeste, das coordenadoras de Orientação Educacional e dos Programas Escola Aberta, Escola Ativa e do Conselho Escolar do município, além da superintendente de Programas Educacionais. Durante o encontro, os mobilizadores apresentaram a Cartilha Famílias, acompanhem a vida escolar dos seus filhos e sugeriram ações que preveem  a  utilização desse material.  Orientaram, ainda, que a equipe da SEMED de Nilópolis  acompanhe o Blog da Mobilização e  busque exemplos de como os mobilizadores vêm atuando em todo o País..

Com informações de David Arcenio, representante do REMEC/RJ e membro do Comitê Rio.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Mobilizadores de Bauru (SP) intensificam ações nas escolas

Escolas estaduais da cidade paulista de Bauru têm sido sede de diversas atividades de conscientização das famílias dos alunos a respeito da importância da interação família-escola para a melhoria do aproveitamento do ensino. Nos dias 18 e 19 de outubro, membros do Comitê local de Mobilização Social pela Educação visitaram essas unidades de ensino, a convite dos profissionais da educação, e estimularam o debate entre pais e educadores sobre a mensagem da Cartilha Famílias, acompanhem a vida escolar de seus filhos.

No dia 19 de outubro, os mobilizadores estiveram reunidos com professores e gestores da Escola Estadual Iracema de Castro Amarante, durante a Hora de Trabalho Pedagógico Coletivo (HTPC). Os membros do Comitê sugeriram ações que podem ser implementadas para auxiliar a superação das maiores dificuldades enfrentadas pela unidade de ensino e que vêm comprometendo o processo ensino/aprendizagem, como a falta de participação e interesse tanto dos pais, quanto dos alunos.

Em 18 de outubro, no período da manhã, a comunidade da Escola Estadual Padre Antônio Jorge Lima recebeu visita semelhante, também durante o HTPC. Na oportunidade, foi apresentado aos profissionais da escola o conteúdo da Cartilha Famílias, acompanhem a vida escolar dos seus filhos. Professores e funcionários das áreas administrativa e pedagógica também foram orientados por meio da exposição de exemplos de ações de mobilização realizadas em outras instituições de ensino.

A Escola Estadual Mercedes Paes Bueno foi visitada, ainda no dia 18, no período da tarde. Os educadores da instituição demonstraram entusiasmo em relação às propostas contidas na cartilha da Mobilização e se dispuseram a explorar o conteúdo da publicação durante as atividades direcionadas aos pais de alunos. Além disso, a escola tem buscado mobilizar as famílias por meio da afixação de faixas que incentivam a participação dos pais no ambiente escolar.

Nos encontros realizados nas escolas, os mobilizadores têm incentivado os educadores a buscar apoio junto à comunidade para a impressão de exemplares da cartilha. Além da publicação, os membros do Comitê de Bauru apresentam, também, o folheto da Mobilização, com orientações gerais sobre a atuação dos mobilizadores e com a lógica da Mobilização Social pela Educação.

Com informações de Rosimeire de Freitas Roveda, membro do Comitê de Mobilização de Bauru.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Incentivo à leitura é tema de Fórum e pesquisa realizados pela Fundação SM

Estimular a leitura e a formação de leitores – um dos temas abordados na Cartilha Famílias, acompanhem a vida escolar dos seus filhos e trabalhados pelos mobilizadores sociais pela Educação em suas ações – foi o objetivo do Fórum de Leitura promovido pela Fundação SM, no dia 22 de outubro. A programação do evento ofereceu espaço para discussão de questões relacionadas à formação de leitores e para apresentação dos resultados parciais da pesquisa Leitura e qualidade de ensino, encomendada pela instituição.

Além de representantes do Ministério de Educação (MEC); do Departamento de Livro, Leitura e Literatura do Ministério da Cultura (MinC) e da Fundação para o Desenvolvimento da Educação de São Paulo, a atividade contou com a participação das professoras da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Marisa Lajolo, e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Regina Zilberman, que ressaltaram, em suas exposições, a importância de orientar professores e comunidade sobre seu papel na formação de leitores.

“Para formar um leitor, é importante criarmos uma comunidade leitora, um ambiente em que aquela criança possa conversar sobre o que está lendo com outras pessoas”, refletiu Marisa Lajolo, destacando que o professor precisa gostar de ler para despertar o interesse dos alunos pela leitura.

Os mobilizadores sociais pela educação podem inserir essas recomendações em suas atividades junto às famílias e aos educadores, de modo a contribuir para que os alunos leiam cada vez mais e melhor.

Os resultados completos da pesquisa Leitura e qualidade de ensino serão divulgados até o fim deste ano. A pesquisa, realizada por Mara Kotscho Pesquisas de Mercado, teve como finalidade descrever e analisar os hábitos de leitura dos estudantes de escolas públicas e particulares de São Paulo.  


Leia mais sobre a Fundação SM e os projetos desenvolvidos pela instituição.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Votorantim Siderurgia

Famílias de Resende (RJ) participam de evento pela qualidade da educação


Quase 500 participantes, entre pais, professores e diretores de escola, estiveram presentes na atividade que marcou o Dia E pela Educação, evento realizado no dia 22 de outubro, em Resende, no Rio de Janeiro, para debater o ensino público no município. Sob iniciativa da Votorantim Siderurgia, por meio do projeto Parceria Votorantim pela Educação, a realização da atividade contou com o apoio da Secretaria Municipal de Educação.

A abertura do evento foi conduzida pelo prefeito de Resende, José Rechuan Júnior, que destacou a importância da Educação para melhoria dos índices sociais. A secretária municipal de Educação, Soraia Balieiro Nunes de Moraes, falou sobre as ações empreendidas pela gestão municipal no sentido de melhorar a qualidade do ensino oferecido nas escolas locais.

A atividade contou, ainda, com a participação da assessora especial do ministro da Educação, Fernando Haddad, Linda Goulart, que coordena as atividades de Mobilização Social pela Educação no Ministério da Educação (MEC). Ela falou sobre a importância do acompanhamento, por parte das famílias, na vida escolar dos filhos e sobre os reflexos desse hábito para a melhoria do aproveitamento do ensino. Explicou, do mesmo modo, as iniciativas do ministério para qualificar a gestão educacional de redes públicas de ensino. 
 
A programação do Dia E pela Educação incluiu a premiação do Concurso Tempos de Escola, iniciativa do Instituto Votorantim que também faz parte do projeto Parceria Votorantim pela Educação e que conta com o apoio MEC e do Canal Futura.

“A possibilidade de conversar com familiares, vizinhos ou pessoas conhecidas da comunidade, conhecer as histórias contadas por eles sobre os professores que marcaram seus tempos de escola – tema do concurso deste ano – e, por fim, ter a missão de reproduzí-las para a comissão julgadora do concurso e para os leitores do Blog Educação foi para muitos alunos uma experiência gratificante e enriquecedora, que em certos momentos emocionou até mesmo os adultos, protagonistas das histórias”, revela a equipe do Blog Educação no texto de divulgação sobre a premiação do concurso Tempos de Escola.

 A comissão julgadora avaliou redações que retrataram casos de superação e perseverança no campo da formação escolar e pessoal, além de experiências marcantes de reconhecimento sobre o valor da Educação, principalmente aquelas vivenciadas e conquistadas em conjunto entre famílias, alunos e professores.

Linda Goulart integrou a Comissão Julgadora do concurso que foi composta, ainda, pelas representantes: da área de Desenvolvimento Institucional do Canal Futura, Lucinéia Batista; do Instituto Votorantim, Tatiana Motta e Amanda Vieira; e da revista Onda Jovem, Fátima Falcão e Daniele Próspero.

Segundo a mobilizadora do projeto Parceria Votorantim pela Educação, Viviane Letícia de Souza, o evento foi um sucesso. “Contamos com a participação do prefeito, da Votorantim Siderurgia e do Instituto Votorantim e tivemos a abertura da Orquestra Juvenil de Barra Mansa, que foi aplaudida de pé. Além disso, vários pais se inscreveram para trabalhar como voluntários nas escolas. Foi um ótimo evento”, avalia.

Leia mais no Blog Educação do Instituto Votorantim clicando no link abaixo. 
Com informações do Blog Educação

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Teixeiras (MG): secretária de educação relata os benefícios da Mobilização para o município

A secretária municipal de educação de Teixeiras, em Minas Gerais, Claudia Miranda Martins, encaminhou à equipe do Ministério da Educação (MEC) seu depoimento referente aos reflexos positivos que a Mobilização Social pela Educação vem promovendo nas escolas da rede e junto às famílias dos alunos dessas unidades de ensino.

Destacamos aqui os trechos do relato que representam um panorama da experiência desenvolvida em Teixeiras e que podem inspirar gestores de outras localidades a empreenderam práticas semelhantes com o objetivo de melhorar a qualidade do ensino nas escolas de seu município, por meio do estímulo à interação Escola-família e/ou Família-escola.

Confira:

Em 2005, quando assumi a Secretaria Municipal de Educação do município de Teixeiras, deparei-me com a realidade da falta de participação dos pais no acompanhamento da vida escolar dos seus filhos. Era uma falta de interesse impressionante: não ligavam para as questões de aprendizagem, disciplina, aplicação dos recursos públicos...

Assim, a partir de 2006, criamos um projeto buscando resgatar a participação das famílias na escola, realizamos várias palestras de conscientização, criamos espaços para a participação dos pais e, a cada ano, temos conseguido ampliar os índices de participação destes na rede municipal de ensino. O referido projeto é aplicado em todas as escolas municipais até hoje.

Ao participar da Conferência Nacional de Educação (Conae), de 28 de março a 1º de abril de 2010, em Brasília, conheci o Plano da Mobilização Social pela Educação, me inscrevi no projeto e, posteriormente, participei da Oficina de Formação de Mobilizadores realizada em Belo Horizonte, em maio.

E a participação na referida oficina contribuiu muito para aprimorar o nosso trabalho de conscientização das famílias dos nossos alunos com a utilização dos materiais do programa para realização das palestras. Também convidei a equipe pedagógica das escolas estaduais e particulares do nosso município para apresentar o programa e o material da mobilização social para que o referido projeto se estendesse, atingindo todas as famílias do município de Teixeiras que têm filhos em idade escolar.

Todas as ações do programa de mobilização estão sendo registradas com fotos, listas de presença e algumas com relatórios e atas.

Antes da capacitação do programa de mobilização, tínhamos conseguido ampliar significativamente a participação dos pais nas questões de disciplina e aprendizagem e registramos um índice de 90% de pais presentes em nossas escolas. Hoje, eles estão presentes em todas as reuniões realizadas pelas escolas e contribuem dando opiniões. Conseguimos, inclusive, alguns pais voluntários, o que tem colaborado com o crescimento e melhoria das escolas.

Após a participação na oficina, realizamos uma reunião em cada escola para aproximar os pais da Secretaria Municipal de Educação, para que estes pudessem conhecer os seus direitos e sentissem liberdade em entrar em contato com a instituição, pessoalmente, para reivindicá-los. Foi um trabalho bem interessante e, também, muito gratificante. Hoje, sinto que alcançamos esta aproximação e o nosso próximo objetivo é criar um dia para que a equipe da Secretaria vá até a escola com algumas atividades e momento de atendimento aos pais.

Atenciosamente,

Claudia Miranda Martins
Secretária municipal de Educação de Teixeiras (MG)

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Confira as publicações que podem auxiliar a atuação dos Mobilizadores Sociais pela Educação

O Blog da Mobilização Social pela Educação disponibiliza novo espaço onde ficarão reunidas versões digitais de publicações que exploram temas relacionados à Interação Família-Escola, à Educação pública e à melhoria da qualidade do ensino, entre outras abordagens.

Mobilizador social pela educação, acesse, leia e utilize essas informações em suas atividades de formação de outros mobilizadores e no diálogo com as famílias dos alunos sobre a importância da participação dos pais na vida escolar dos filhos.

Neste primeiro bloco, são apontadas três publicações resultantes de pesquisa realizada sob iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).


CLIQUE NAS IMAGENS E CONFIRA:

Iniciativas do Unicef

Aprova Brasil: O Direito de Aprender
Boas práticas em escola públicas avaliadas pela Prova Brasil

Lançada em dezembro de 2006, esta publicação expõe a pesquisa que identificou em 33 escolas participantes da Prova Brasil aspectos relacionados à gestão, à organização e ao funcionamento que poderiam ter contribuído para a melhor aprendizagem dos alunos. Acesse a publicação clicando na ilustração ao lado.



Aprova Brasil: O Direito de Aprender
Boas práticas em escola públicas avaliadas pela Prova Brasil / 2ª edição / 2007
Acesse a publicação clicando na ilustração ao lado.








Redes de Aprendizagem – Boas Práticas de Municípios Que Garantem o Direito de Aprender



Lançada em 2008, expõe o estudo que buscou apontar os motivos de sucesso de 37 redes municipais selecionadas a partir do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e do contexto socioeconômico dos alunos e de suas famílias. Acesse a publicação clicando na ilustração ao lado.



Caminhos do Direito de Aprender - Boas práticas de 26 municípios que melhoraram a qualidade da educação

Apresenta estudo realizado para analisar os caminhos percorridos em busca de educação de qualidade por 26 municípios visitados (um de cada estado). Acesse a publicação clicando na ilustração ao lado.

Caminhos do Direito de Aprender - Boas práticas de 26 municípios que melhoraram a qualidade da educação - Acesse o Resumo Executivo clicando aqui.

  
Iniciativa do Instituto Votorantim


Rota da Educação – Parceria Votorantim pela Educação


Estratégias bem-sucedidas de Mobilização Social pela Educação desenvolvidas no âmbito do projeto Parceria Votorantim pela Educação, em diversos municípios brasileiros. Acesse a publicação clicando na ilustração ao lado.




Iniciativas da Unesco

Interação escola-família: subsídios para práticas escolares

Um estudo realizado em 2009 pela União das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), em parceria com o Ministério da Educação (MEC), sobre iniciativas adotadas em alguns municípios brasileiros para promover maior aproximação entre as escolas e as famílias dos estudantes.
Acesse a publicação clicando na ilustração ao lado. 




Instituto Ecofuturo
 

Pra que serve a literatura?

Leitura compartilhada, o acesso à leitura, a leitura em voz alta, a leitura com prazer, a leitura como direito, a escrita para virar leitura. No material elaborado pelo Instituto Ecofuturo, educadores e pesquisadores contam o que descobriram e desenvolveram a partir de sua área de estudo e atuação, e também em sua vida pessoal, com relação a esta pergunta: "Por que é importante ler literatura?".

Clique aqui para fazer o download.  



 Cuidados com a vida 

Escritores e pesquisadores de várias áreas do conhecimento foram convidados pelo Instituto Ecofuturo para ajudar a compor um quadro que inspire a pensar, conversar e escrever sobre como cuidar da vida com alegria, leveza e inteligência. O livro fez parte do material de referência do 7º Concurso Cultural Ler é Preciso promovido pelo Instituto.

Clique aqui para baixar o livro, que conta com menu interativo.


Acesse outras publicações do Instituto EcoFuturo de estímulo à leitura e à produção de textos.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Bayeux (PB) incentiva participação dos pais nas escolas

“A nossa escola tinha uma turma que estava a ponto de ter a maioria dos alunos reprovada. Ao analisar a turma, descobrimos que muitos pais dos alunos não participavam de reuniões e não demonstravam interesse pelos estudos dos filhos. De imediato, reunimos toda equipe multidisciplinar da escola e visitamos cada família. Hoje, 85% dos pais dessa turma participam ativamente das reuniões de pais, e já estamos conseguindo recuperar o processo de aprendizagem dos alunos”. Esse é o relato da gestora escolar Maria Auxiliadora Fernandes, do município de Bayeux, na Paraíba, sobre os resultados que as atividades de Mobilização Social pela Educação provocaram em uma das unidades de ensino da cidade.

A experiência da escola, segundo a mobilizadora, demonstra como a participação dos pais, incentivada pelas ações de Mobilização, tem colaborado na superação das dificuldades enfrentadas pelos alunos.

Com o objetivo de estimular a interação família-escola nas unidades de ensino públicas de Bayeux, os mobilizadores sociais pela educação do município vêm promovendo ações direcionadas aos pais e mães dos estudantes e aos profissionais da educação. Entre outras iniciativas, têm visitado as famílias e promovido palestras sobre o Plano de Mobilização Social pela Educação, além de encontros entre professores e a comunidade escolar.

Além de orientar os familiares de alunos segundo a mensagem da cartilha Famílias, acompanhem a vida escolar dos seus filhos, durante as atividades desenvolvidas pelos mobilizadores, como o “Dia da Família na Escola”, são discutidos temas como drogas, saúde da família e relacionamento entre pais e filhos.

Com informações de Maria Auxiliadora Fernandes, mobilizadora em Bayeux (PB).

terça-feira, 19 de outubro de 2010

RJ: Mobilização é apresentada em Encontro de Professores em Duque de Caxias

A Mobilização Social pela Educação será tema de palestra conduzida pelo representante do Comitê Mobilização do Rio de Janeiro, Sérgio Maia, durante o XXV Encontro de Professores realizado pela Pastoral da Educação, em Duque de Caxias, nesta quarta-feira (20). Promovido em parceria com as Coordenadorias Metropolitanas (Metro) V e XI da Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro (SEEDUC-RJ), o Encontro tem como mote “Educar para os valores humanos”.

Para os organizadores do evento, o Encontro de Professores tem  como objetivo “oferecer espaço para reflexão e apresentação de propostas alternativas que auxiliem práticas pedagógicas capazes de colaborar na formação de cidadãos mais conscientes e justos”. Além da palestra sobre Mobilização, a atividade contará com exposição sobre Violência Doméstica e apresentações dos representantes das Metro V e XI.

Serviço

XXV Encontro de Professores – “Educar para os valores humanos”
Data: 20 de outubro
Local: Duque de Caxias
Horário: 8h às 12h

Bauru (SP) amplia Mobilização nas instituições de ensino

Membros do Comitê de Mobilização Social pela Educação e Bauru discutiram, em reunião realizada no dia 6 de outubro, ações de Mobilização desenvolvidas junto à comunidade, em especial as atividades promovidas em escolas públicas no município.

Entre as experiências abordadas durante o encontro, foi destacada a apresentação da versão digital da cartilha Famílias, acompanhem a vida escolar dos seus filhos aos professores de unidades de ensino estaduais. Os educadores foram orientados a divulgar a mensagem da publicação aos familiares dos alunos. A afixação de faixas, na entrada das escolas, com mensagens que incentivam a participação dos pais no ambiente escolar e no cotidiano de estudos dos filhos foi outra prática ressaltada durante a reunião.

De acordo com a mobilizadora Rosimeire de Freitas Roveda, devido ao sucesso dessas ações, os mobilizadores foram convidados a atuar em outras instituições de ensino da região e a  palestrar sobre o Plano de Mobilização Social pela Educação aos professores, durante a Hora de Trabalho Pedagógico Coletivo (HTPC) em Bauru. Além de apresentar a versão eletrônica da Cartilha, os integrantes do Comitê local têm buscado parcerias para a impressão do material, com o objetivo de ampliar a conscientização da comunidade escolar a respeito da importância do acompanhamento, por parte dos pais, na educação dos filhos.

O encontro dos mobilizadores no início do mês de outubro contou com a presença de representantes da Secretaria Municipal de Bem-Estar Social e da Diretoria de Ensino de Bauru e marcou a integração do Pastor Gilberto Covolan às ações do Comitê. Segundo Rosimeire Roveda, o Pastor, que atua na Igreja Presbiteriana Independente do município de Bocaina (a 70 km de Bauru), localizou os membros do Comitê e conheceu a Mobilização em Bauru a partir do Blog da Mobilização.

Com informações de Rosimeire de Freitas Roveda, mobilizadora em Bauru (SP).

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Instituto Ecofuturo presta homenagem aos professores

O Instituto Ecofuturo, organização não governamental mantida pela Suzano Papel e Celulose, homenageia os professores e convida os mobilizadores sociais pela Educação a participarem do movimento que incentiva os pais e alunos a lerem mais. Confira:


O Dia Nacional da Leitura, comemorado no dia 12 de outubro, foi instituído pela ONG Ecofuturo com o apoio do Sr. José Mindlin, com o objetivo de estimular o gosto pela leitura desde a infância, ressaltando o papel da família e da comunidade escolar nesse processo. Clique aqui e saiba como participar.

Visite também a Biblioteca Virtual do Instituto, com dicas sobre literatura, e o Blog da Campanha

Arte: Instituto Ecofuturo

15 de outubro, dia do professor

Para homenagear os quase dois milhões de professores de nosso país, uma reflexão do grande educador Paulo Freire:

Verdades da Profissão de Professor

"Ninguém nega o valor da educação e que um bom professor é imprescindível. Mas, ainda que desejem bons professores para seus filhos, poucos pais desejam que seus filhos sejam professores. Isso nos mostra o reconhecimento que o trabalho de educar é duro, difícil e necessário, mas que permitimos que esses profissionais continuem sendo desvalorizados. Apesar de mal remunerados, com baixo prestígio social e responsabilizados pelo fracasso da educação, grande parte resiste e continua apaixonada pelo seu trabalho.

"A data é um convite para que todos, pais, alunos, sociedade, repensemos nossos papéis e nossas atitudes, pois com elas demonstramos o compromisso com a educação que queremos. Aos professores, fica o convite para que não descuidem de sua missão de educar, nem desanimem diante dos desafios, nem deixem de educar as pessoas para serem “águias” e não apenas “galinhas”. Pois, se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda".

Mais Paulo Freire

"Eu sou um intelectual que não tem medo de ser amoroso, eu amo as gentes e amo o mundo. E é porque amo as pessoas e amo o mundo, que eu brigo para que a justiça social se implante antes da caridade.

"A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria.

"Ai daqueles que pararem com sua capacidade de sonhar, de invejar sua coragem de anunciar e denunciar. Ai daqueles que, em lugar de visitar de vez em quando o amanha pelo profundo engajamento com o hoje, com o aqui e o agora, se atrelarem a um passado de exploração e de rotina.

"Não é possível refazer este país, democratizá-lo, humanizá-lo, torná-lo sério, com adolescentes brincando de matar gente, ofendendo a vida, destruindo o sonho, inviabilizando o amor. Se a educação sozinha não transformar a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda.

"Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino".

(Paulo Freire)

E, para completar, um mestre da vida:

"Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende".
(Guimarães Rosa)

Leia também a homenagem preparada pela Parceria Votorantim pela Educação no Blog Educação

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Barreirinhas (MA) reforça ações de Mobilização para melhoria do Ideb

Mobilizadores de Barreirinhas, município localizado na microrregião dos Lençóis Maranhenses, reúnem-se na próxima quarta-feira, dia 20 de outubro, com o objetivo de discutir estratégias para fortalecer e ampliar as ações que incentivam as famílias a participarem da vida escolar dos filhos. Durante o encontro, serão definidas a composição do Comitê de Mobilização local, bem como as novas atividades de sensibilização sobre a importância da interação família-escola.

Entre as ações realizadas pelos mobilizadores com o intuito de contribuir para a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), membros do Comitê de Mobilização de Barreirinhas participaram, no dia 30 de setembro, de passeata cujo percurso envolveu várias regiões da cidade. Durante a atividade, os mobilizadores conversaram com as famílias a respeito da mensagem da cartilha Famílias, acompanhem a vida escolar dos seus filhos e convidaram a comunidade a se integrar às ações do Comitê.

No dia anterior à passeata (29), a Secretaria Municipal de Educação de Barreirinhas realizou, no Auditório do Módulo Esportivo, evento sobre o tema Mobilização Social pela Educação. Direcionada aos familiares de alunos e profissionais da Educação das escolas públicas da cidade, a atividade contou com palestra sobre Mobilização conduzida pelo Pastor Joelson Reis Machado, integrante do Comitê de Barrerinhas, além de apresentações culturais.

Com informações de Lúcia de Fátima Andrade Vidal, secretária adjunta de Educação de Barreirinhas (MA) e membro do Comitê de Mobilização local.

Dicas de como mobilizar

Com o intuito de orientar e auxiliar a atuação dos mobilizadores sociais pela Educação, especialmente aqueles que iniciaram agora seus trabalhos, a Equipe da Mobilização no MEC vem elaborando uma série de Dicas de como Mobilizar.

A primeira parte das dicas teve como objetivo introduzir a Mobilização Social pela Educação, respondendo a questões básicas, como “quem mobilizar”, “como mobilizar” e “que mensagem levar”. A segunda, por sua vez, direcionou-se às ações de Mobilização junto às famílias e à comunidade de modo geral. A terceira e a quarta parte dessas Dicas apresentaram sugestões de como introduzir a Mobilização aos colegas de trabalho e nas instituições religiosas, respectivamente, e a quinta foi elaborada com o intuito de orientar as ações dos Comitês.
 
Acesse aqui o conteúdo completo das Dicas:

- Dicas de como mobilizar: geral

- Dicas de como mobilizar famílias e comunidade e seus colegas de trabalho

- Dicas de como mobilizar nas instituições religiosas

- Dicas de como mobilizar - Comitês de Mobilização 

- Sugestão para peça de teatro na escola sobre a cartilha Acompanhem a vida escolar dos seus filhos

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Superamos 100 mil acessos!


É com muita satisfação que nós, da equipe de Mobilização Social pela Educação no MEC, anunciamos que o Blog da Mobilização superou, no início desta semana, a marca de 100 mil acessos. Mobilizador, esse número reflete a sua atuação em todo o País, bem como o crescente interesse da população pelo tema Interação família-escola.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Comitê de Cidade Ocidental (GO) promove Oficina de Formação de Mobilizadores


Profissionais de escolas municipais e estaduais, membros da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Desporto e Lazer de Cidade Ocidental - município goiano localizado no entorno do Distrito Federal -, além de conselheiros tutelares, pais e mães de alunos, representantes de associações de moradores, da Associação de Amparo aos Deficientes de Cidade Ocidental e Entorno Sul (Amparodef), do programa Mulheres da Paz e pastores do Ministério Batista Samah e da Assembleia de Deus compuseram o grupo de 120 participantes da Oficina de Formação de Mobilizadores Sociais pela Educação, evento realizado no dia 07 de outubro, no auditório da própria Secretaria.


Promovida pelo Comitê de Mobilização Social pela Educação de Cidade Ocidental, a Oficina foi realizada com o apoio da Secretaria Municipal de Educação que, além do auditório, disponibilizou a infraestrutura necessária à realização do evento.

Durante a Oficina, os participantes tomaram conhecimento sobre a Mobilização Social pela Educação que vem sendo desenvolvida em todo o País em prol do envolvimento das famílias dos alunos das redes pública no processo de formação escolar dos filhos. Foram informados também sobre as ações que outros comitês de mobilização vem desenvolvendo em diferentes localidades.

As exposições foram conduzidas pelos membros da equipe da Mobilização do Ministério da Educação (MEC), Otto Medina e Maisa Cardoso, que explicaram, ainda, a lógica da Mobilização, ressaltando a participação, nesse projeto, dos diferentes representantes de segmentos sociais e públicos que lidam com a defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes, em especial, aqueles ligados à temática da Educação.

Os mobilizadores de Cidade Ocidental foram orientados a buscar parcerias com os membros desses segmentos, com o objetivo de fortalecer suas atividades em prol do incentivo à participação das famílias na vida escolar dos alunos para a melhoria do aproveitamento do ensino e conseqüente elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) das escolas locais.

Desafios

Com os objetivos de contribuir com a melhoria do aproveitamento escolar dos alunos das escolas públicas locais e elevar o Ideb das unidades de ensino de Cidade Ocidental,  os participantes da Oficina elaboraram planos de ações que incluem o fortalecimento das atividades do Comitê local de Mobilização, eventos direcionadas às famílias e adesão à Mobilização de epresentações de diversos segmentos sociais e públicos.


Os mobilizadores também incluíram em seu plano de trabalho a busca, junto aos setores públicos envolvidos, da inserção entre os critérios para o benefício do Bolsa Família, da exigência de acompanhamento, por parte das famílias, da vida escolar das crianças sob sua responsabilidade.


Colégio Estadual Ocidental

A maior representação na Oficina de Formação de Mobilizadores foi dos profissionais que atuam no Colégio Estadual Ocidental. Em 2009, a unidade de ensino alcançou a meta de 4,2 projetada pelo MEC para o Ideb 2011, referente às séries finais do Ensino Fundamental da escola.

A escola concentrou suas atividades na superação dos desafios apresentados no ano de 2007, quando registrou Ideb de 2,9 - menor que o verificado em 2005, que era de 3,8. As metas para 2007 e 2009, eram, respectivamente, 3,8 e 4,0.

Mobilização alcança Cabaceiras do Paraguaçu (BA)

O município baiano de Cabaceiras do Paraguaçu, localizado a 150 km de Salvador, vem promovendo ações que estimulam a interação família-escola nas unidades de ensino da cidade. Profissionais da educação e familiares de alunos têm participado de reuniões e palestras, promovidas com o apoio da Secretaria e do Conselho Municipal de Educação, que reforçam a importância do envolvimento dos pais na vida escolar dos filhos para a melhoria do aproveitamento do ensino.
A secretária municipal de Educação de Cabeceiras do Paraguaçu, Eliana de Oliveira Silva, relata que, com as atividades de Mobilização, a participação dos pais nas escolas tem aumentado. “Os pais e a comunidade escolar se dispõem a participar no que é possível para o desenvolvimento do educando. Os pais têm procurado sempre estar em contato com os professores e a direção, bem como com a Secretaria de Educação, participando da vida escolar de seus filhos”, descreve a secretária.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Secretaria de Educação de Capivari de Baixo (SC) promove capacitação para pais

A Secretaria de Educação e Cultura do município catarinense de Capivari de Baixo deu início, nesta quarta-feira (06), a um ciclo de debates direcionado a pais de alunos da rede pública. Intitulados pela Secretaria de “Projeto Escola de Pais”, os debates estão programados para os meses de outubro e novembro, em 45 encontros a serem realizados em cinco escolas da cidade.

Com o projeto, os mobilizadores de Capivari de Baixo pretendem alcançar toda a comunidade e conscientizar os pais a respeito da mensagem da cartilha Famílias, acompanhem a vida escolar dos seus filhos. De acordo com o secretário municipal de Educação, José Wanderley Araújo da Rosa, “a Secretaria espera mobilizar ainda mais a família para que atue na melhoria do processo educativo, oferecendo subsídios para que pais e responsáveis possam orientar e educar melhor nossas crianças e jovens”.

Durante os debates, serão oferecidos espaços para abordagens de temas como Bullying, Educação e Limites, Relacionamento familiar, Estatuto da Criança e do Adolescente, Acompanhamento da Aprendizagem Escolar, Hábitos Saudáveis, Acompanhamento dos filhos na Internet e Prevenção ao uso de drogas.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Perguntas Frequentes

Saiba como enviar informações para o Blog da Mobilização e esclareça dúvidas a respeito do questionário enviado aos Mobilizadores
 
Com o intuito de conhecer melhor e divulgar as ações dos mobilizadores em todo o País, a equipe da Mobilização Social pela Educação tem enviado questionário aos voluntários cadastrados em nosso banco de dados, além de promover o recadastramento dos mobilizadores. Confira abaixo resposta às perguntas e observações mais frequentes que obtivemos com o questionário.

a)    Material para mobilizar - Devido às restrições legais impostas para o período eleitoral, suspendemos, temporariamente, a distribuição das cartilhas. Para não prejudicar a ação dos mobilizadores, foi produzida uma nova versão, disponível aqui. Muitos mobilizadores estão conseguindo patrocínio local para imprimir este material. O patrocinador pode inserir sua logomarca no rodapé da quarta capa, recurso já existente e que não depende de aprovação do MEC.

No blog, temos outros materiais disponíveis, como:
1.    Plano de Mobilização;
2.    Folheto com a lógica da mobilização;
3.    Manual do Mobilizador;
4.    Dicas para Mobilizar;
5.    Manual do Comitê;
6.    Apresentações em power point para exposições em reuniõe e outros eventos.

Esses materiais foram elaborados para auxiliar a sua atuação como mobilizador. Podem ser impressos, distribuídos e utilizados das mais diversas formas, e sua reprodução é livre, não necessitando de autorização prévia por parte do MEC.

b)    Oficinas de capacitação, lançamentos do PMSE, palestras e reuniões de comitê - Tendo em vista as restrições legais impostas para o período eleitoral, o Ministério da Educação não está promovendo eventos. Há a possibilidade, no entanto, de que os parceiros patrocinem esses eventos, convidando a equipe  do MEC para ministrar a capacitação de mobilizadores. Para maiores informações sobre a disponibilidade da equipe, entre em contato pelos nossos telefones: (61) 2022 7876 ou (61) 2022 7845, e pelo e-mail: mobilizacaosocial@mec.gov.br

c)    Relatório de ações - Você pode e deve enviar notícias sobre a Mobilização que vem promovendo em sua região. Não importa o tamanho da sua ação. O importante é darmos nossa contribuição pelo direito de aprender de todos e cada um dos brasileiros. Assim, enriqueceremos cada dia mais o nosso blog com novas práticas, ajudando outros mobilizadores com essa troca de experiência, que é o objetivo deste canal de comunicação. Os relatos devem conter informações básicas, como data, local, a quem a atividade se direciona, quem organizou, entre outros. Não esqueça de informar nome, sobrenome e cargo das pessoas que forem mencionadas na descrição do evento. Fotos, atas e relatórios das atividades de mobilização também são bem-vindos, pois enriquecem as postagens e aumentam o interesse de outros mobilizadores.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Boca da Mata (AL) leva Mobilização às escolas

Profissionais da Educação, membros de conselhos escolares e instituições religiosas formam o grupo de parceiros dos mobilizadores do município de Boca da Mata, em Alagoas, para a realização de atividades junto às famílias dos alunos das escolas públicas da cidade. Nas reuniões e palestras promovidas nas escolas, os mobilizadores apresentam à comunidade a Cartilha Famílias, acompanhem a vida escolar dos seus filhos, destacando a interação escola-família como forma de melhorar o aproveitamento do ensino.

A secretária municipal de Educação de Boca da Mata, Rosa Melo, ressalta a importância das ações que estimulam o envolvimento das famílias nas atividades promovidas pelas unidades de ensino. “Muitos pais passaram a frequentar mais as escolas e a se preocuparem mais com a educação dos filhos”, afirma a secretária.

Rosa Melo relata que, na Escola Municipal de Ensino Fundamental José Patrício da Costa, a mensagem da Cartilha da Mobilização tem sido tema de formação continuada com os pais. Como resultado da utilização da Cartilha, os mobilizadores têm percebido maior interesse das famílias pelos estudos dos filhos e maior participação de pais e mães nas atividades que envolvem a rotina escolar.

Além de secretária municipal, Rosa Melo também é presidente da representação da União dos Dirigentes Municipais de Educação em Alagoas (UNDIME/AL) e vem apresentando o Plano de Mobilização Social pela Educação em palestras direcionadas aos membros da UNDIME. Nestas exposições, tem sugerido aos dirigentes que estabeleçam, em seus municípios, Comitês de Mobilização Social pela Educação.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Mobilizadores sul-matogrossenses divulgam balanço de ações

Com o apoio da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação de Mato Grosso do Sul (UNDIME/MS), mobilizadores de Jateí, Jaraguari, São Gabriel do Oeste e da capital Campo Grande vêm promovendo atividades que envolvem a comunidade escolar e as famílias, de modo a incentivar os pais a acompanharem o cotidiano de estudos dos filhos. Os mobilizadores que atuam nessas cidades relatam que, com as atividades de Mobilização, a participação das famílias no ambiente escolar têm aumentado e os alunos, por sua vez, têm apresentado maior interesse nos estudos dentro e fora das salas de aula.

Campo Grande

Na capital do estado, os mobilizadores recebem o apoio de representantes da Secretaria Municipal da Educação, da Associação de Pais e Mestres, do Conselho Escolar e de instituições religiosas. A partir do Plano de Ação elaborado durante a Oficina de Formação de Mobilizadores Sociais pela Educação realizada em Campo Grande em junho deste ano, os mobilizadores locais vêm promovendo reuniões e palestras direcionadas aos pais de alunos, entre outras ações que têm como objetivo comum estimular a interação família-escola.

São Gabriel do Oeste


Além da comunidade escolar, os mobilizadores de São Gabriel do Oeste (MS) conquistaram a parceria do Ministério Público da cidade e de profissionais da área de segurança pública para a realização de ações que incentivam as famílias do município a se envolverem na vida escolar dos filhos. Segundo os mobilizadores locais, a maioria das famílias recebeu bem as orientações para acompanharem os estudos dos filhos, e, apesar da resistência de alguns familiares, a participação dos pais nas escolas tem aumentado gradativamente.

Ainda em São Gabriel do Oeste, a Mobilização Social pela Educação foi tema de apresentação direcionada às famílias durante o o 9º Encontro de Educadores, a 8ª Semana Pedagógica de Educação à Distância e 6º Encontro de Educadores da Região Centro-Oeste, que foram sediados no município. Os encontros, realizados em maio deste ano, reuniram cerca de 800 educadores.

Jateí

Mobilizadores e profissionais da educação de Jateí, município localizado no sudoeste de Mato Grosso do Sul, vêm atuando junto às famílias da comunidade, convidando-as para palestras e encontros realizados nas instituições de ensino da rede pública. Com esses eventos, os pais passaram a aderir mais às ações desenvolvidas pela escola e a participarem do Conselho Escolar.

Jaraguari

Da mesma forma, em Jaraguari, cidade que fica a 40 km da capital Campo Grande, os voluntários desenvolvem ações de Mobilização em conjunto com professores e demais profissionais das escolas. As atividades reúnem cerca de 400 participantes, entre pais, alunos e educadores em apresentações e palestras que destacam a importância da interação família-escola para a melhoria do aproveitamento do ensino.