quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Belém (PA) promove Oficina de Formação de Mobilizadores

O Comitê de Mobilização da capital paraense, Belém, promoveu, nos dias 17 e 18 de agosto, a II Oficina de Formação de Mobilizadores Sociais pela Educação na cidade. Patrocinada pela Secretaria de Estado de Educação do Pará (Seduc), a Oficina reuniu, no auditório da Secretaria de Governo do Pará (SEGOV), representantes das Unidades Seduc na Escola (USE) e Unidades Regionais de Ensino (URE), responsáveis pela coordenação e pelo assessoramento de escolas estaduais da capital e de municípios do interior.

A USE 04 também ofereceu apoiou ao Comitê na organização da Oficina. A Unidade é a área da Seduc responsável pela coordenação de 18 escolas em cinco bairros de Belém e providenciou a impressão de 160 exemplares da cartilha Famílias, Acompanhem a vida escolar dos seus filhos para serem utilizadas pelos participantes da Oficina. A Editora Paulinas, por sua vez, contribuiu com a doação de pastas personalizadas, nas quais as cartilhas foram distribuídas.

A mesa de abertura da atividade foi composta pela secretária adjunta de ensino do estado do Pará, Ana Lúcia Lima, pelo gestor da USE 04, Messiano Ramos, por membros do Comitê de Belém, reverendo Marcos Souza, Gleisiane Vilhena e Jackson Oliveira, além do consultor MEC/OEI, Sérgio Maia, que foi o palestrante da Oficina.

Durante o evento, o consultor Sérgio Maia, o reverendo Marcos e o gestor Messiano Ramos apresentaram o Plano de Mobilização Social pela Educação aos participantes. O consultor ainda expôs dados sobre a Educação Básica no Brasil e orientou os mobilizadores a acompanharem, pelo site do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), a aplicação dos recursos destinados à educação pública no município. Os participantes também foram incentivados a tomarem conhecimento sobre as informações divulgadas no Blog da Mobilização.

Após serem orientados a consultarem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) das escolas da região, os mobilizadores deliberaram sobre as ações que podem ser desenvolvidas junto à comunidade escolar para a melhoria do indicador. A partir das informações recebidas na Oficina, os participantes montaram um Plano de Ação com os objetivos de ampliar e consolidar a atuação do Comitê, apontando as localidades em que as ações de Mobilização precisam ser intensificadas.


Neste segundo semestre, os mobilizadores do Pará programam conquistar novos parceiros, como empresas locais, a representação da Ordem dos Advogados do Brasil no estado, a Pastoral da Família o Ministério Público e a Assembleia Legislativa. Os membros do Comitê também planejam incluir o Dia da Mobilização Social pela Educação no calendário oficial de datas comemorativas da capital Belém e de todo o estado, além de inserir mensagens nos contracheques de servidores públicos do estado e de promover outras oficinas de formação de mobilizadores nos municípios paraenses.

Os mobilizadores também têm buscado espaço para divulgação da mensagem da cartilha Famílias, Acompanhem a vida escolar dos seus filhos junto a jornais, rádios e TVs locais, de modo a dar maior visibilidade ao Plano de Mobilização Social pela Educação.



Com informações de Gerusa Furtado, membro do Comitê de Mobilização do estado do Pará.

Um comentário:

Gina disse...

Acreditamos na Mobilização enquanto instrumento de promoção de parcerias, apoio e sobretudo, de integração efetiva das famílias de nossos alunos, para estarem presentes e tendo acesso à vida escolar de seu filho(a) e, principalmente, de participar ativamente e efetivamente da construção de uma escola de sujeitos mais cidadãos.